quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Economia brasileira já dá sinais de desaquecimento, diz Arminio Fraga


Fonte: O Globo

Arminio Fraga, ex-presidente do Banco Central (BC) e sócio da Gávea Investimentos, afirmou ontem que a economia já deu alguns sinais de desaquecimento, mas disse que ainda é cedo para dizer se a trajetória é equilibrada ou consistente. O economista defendeu ainda que o Rio de Janeiro deveria ser a capital verde do Brasil e até do mundo.

- A economia deu alguns sinais de estar desaquecendo sim. Ainda é cedo para dizer se está em uma trajetória equilibrada ou não. Penso que vai ser preciso fazer esse corte (de R$50 bilhões no orçamento federal) na íntegra, não só para regular a demanda, mas para dar espaço lá na frente para os juros caírem. Nada traz mais benefícios que a queda dos juros – disse Arminio Fraga, que participou ontem do TEDx Rio, versão carioca do evento americano TED.com, no Vivo Rio.

"Rio precisa acabar com a ocupação desordenada"

Fraga ressaltou que, pelo comportamento da inflação e da demanda interna, há necessidade de correção nos juros, no orçamento e no crédito. Para o ex-presidente do BC, a política econômica precisa ser equilibrada, pois vinha trabalhando com expansão fiscal e do crédito fortes.

- E isso colocava pressão nos juros e na inflação. A proposta do governo Dilma Rousseff nesse primeiro momento é justamente corrigir essa inversão.

Fraga disse que o Rio de Janeiro precisa vencer desafios para se tornar a capital verde do país e, quem sabe, do mundo.

- Mas para isso terá de acabar com a desocupação desordenada. Sem autoestima, perde-se a capacidade de ousadia. A educação precisa ser o foco. Vejo que há um momento positivo para o Rio se reencontrar com o sucesso – disse Fraga, lembrando que a ocupação do Estado de áreas dominadas pelo tráfico ajudou a impulsionar os preços do imóveis no Rio de Janeiro.