quinta-feira, 28 de julho de 2011

Mercado especula com novo polo de escritórios na Chucri Zaidan


Fonte: Folha.com


A extensão da avenida Chucri Zaidan, na zona sul de São Paulo, pode se tornar o maior polo de escritórios da cidade: os 872 mil m² existentes até 2016 serão o dobro da oferta da avenida Paulista e 40% superiores à da avenida Faria Lima. 

A projeção é da consultoria imobiliária Jones Lang LaSalle. Serão ao menos R$ 700 milhões de aluguel ao ano, pagos por bancos, seguradoras, farmacêuticas, teles, eletrônicas, montadoras e grupos de óleo e gás, que já indicaram interesse no local. 

As maiores construtoras do país já apresentaram propostas à prefeitura, que está a um passo de aprovar o novo distrito na área hoje ocupada por galpões e velhas fábricas. 

A demanda é forte: a taxa de vacância do mercado de escritórios de alto padrão em São Paulo encerrou junho em 5%, um dos patamares mais baixos desde 1988, segundo a CB Richard Ellis. 

A concentração financeira já migrou do centro histórico para a avenida Paulista nos anos 1970; de lá para a Faria Lima nos anos 1990; e depois para a avenida Berrini, da qual a Chucri Zaidan é uma extensão.