terça-feira, 18 de maio de 2010

O CHARME E O VALOR DO ESPAÇO GOURMET


Mercado valoriza em até 10% os imóveis com equipamentos para cozinhar e conviver

Incorporadoras e construtoras resolveram inovar e potencializar cada metro quadrado de seus projetos de casas e apartamentos, dos mais luxuosos aos econômicos: criaram os espaços gourmet.

Uma novidade restrita no passado apenas a empreendimentos de luxo, nos últimos três anos a cidade de São Paulo ganhou diferentes empreendimentos com quesito espaço gourmet. Ele está presente em projetos mais simples, com pequenas metragens e dormitórios únicos, mas também em unidades com metragens acima de 800 metros quadrados.

Na concepção do espaço gourmet, funcionalidade e praticidade norteiam os projetos, que recebem a inserção de uma churrasqueira - ou em alguns casos, forno para pizza -, uma bancada com pia para o preparo de alimentos e interligação a uma cozinha ou copa e a sala. Projetados em terraços ou quintais - em casa -, eles têm o poder de transformar pequenos espaços, às vezes sem uso, em ambientes práticos e sofisticados. "Por causa da procura de consumidores por este tipo de produto, uma unidade com espaço gourmet pode valorizar o imóvel em até 10%", dia Antônio Carlos Barreto, arquiteto e gerente de desenvolvimento imobiliário.

Como os terraços ampliam a área social das residências, se tornam cada vez mais um importante fator na escolha do imóvel. Isso acontece porque ganha mais espaço para convivência da família e amigos. Segundo pesquisas, os homens são os que mais utilizam essas áreas para reunir os amigos para um churrasco ou preparar uma comida em grupo.